psoríase

O que é a psoríase?

De acordo com levantamento da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), existem mais de 125 milhões de pessoas diagnosticadas com psoríase. Por isso, é necessário conhecer mais sobre a doença, seus sintomas, causas e tratamentos.

Você conhece essa patologia? Quer saber mais sobre ela? Então, recomendamos a leitura deste post. A seguir, explicaremos tudo sobre o assunto.

O que é psoríase?

A psoríase é uma doença de pele crônica, cíclica e não contagiosa na qual os linfócitos responsáveis pela defesa do organismo liberam substâncias inflamatórias. Porém, ainda não se sabe o que provoca essa alteração no sistema imunológico.

Dessa forma, a psoríase se desenvolve a partir de uma reação  das células de defesa, que se infiltram na pele, causando o crescimento acelerado das células da pele e estas, consequentemente, produzem escamas em razão da sua imaturidade. 

Contudo, como as células mortas não são eliminadas corretamente, elas são empurradas para a superfície da pele,  formando manchas espessas e escamosas, características das lesões provocadas pela doença.

Quais os sintomas?

Os sintomas variam de acordo com o tipo de psoríase. Entre os mais comuns, estão: presença de manchas vermelhas com escamas secas na pele, coceira, queimação, inchaço e rigidez das articulações, depressões e maior espessura das unhas, pele ressecada e rachada.

Ademais, em situações graves, a doença pode causar dor intensa e trazer grande impacto na  autoestima do paciente. Os sintomas podem ser intensificados em ambientes frios, situações de estresse, consumo abusivo de álcool, excesso de peso e tabagismo. 

Quais são as causas?

Embora ainda não sejam conhecidas as causas da psoríase, já se sabe que ela tem origem nas interações entre fatores genéticos, ambientais e autoimunes. Além disso, existem alguns fatores que parecem aumentar o risco do aparecimento da doença. 

Por exemplo, tabagismo, obesidade, histórico familiar e pessoal da doença, alcoolismo, estresse psicológico ou físico, portar o vírus da AIDS (HIV), infecções bacterianas ou virais.

Como a psoríase se manifesta?

A psoríase se manifesta de diferentes formas. Assim, cada paciente pode manifestar sintomas completamente distintos. Porém, as lesões costumam apresentar as mesmas características, tais como, placas de pele seca e avermelhadas, com descamação esbranquiçada.

Neste sentido, a doença é classificada de acordo com os sinais apresentados pelos pacientes. A seguir, explicamos um pouco mais sobre cada um desses tipos: 

  • em placa: é o tipo mais comum da doença e se caracteriza pela presença de lesões que surgem como placas ovais no couro cabeludo, cotovelo, joelho, umbigo, costas, mãos, pés e rosto;
  • gutata: é a forma mais discreta, pois produz microlesões no corpo em forma de gota;
  • invertida: provoca lesões avermelhadas e sem descamação que surgem, principalmente, nas áreas de dobras, sendo o tipo mais comum em obesos;
  • ungueal: quando ocorrem lesões nas unhas das mãos e/ou dos pés;
  • pustulosa: forma rara da doença que se caracteriza pelas lesões avermelhadas, purulentas e dolorosas;
  • eritrodérmica: é o tipo em que surgem lesões avermelhadas dolorosas e descamativas em quase todo o corpo.

Como é o tratamento?

Apesar de não ser passível de cura, os sintomas da psoríase podem ser controlados. Em casos leves, recomenda-se o uso de pomadas corticosteróides com ou sem ácido salicílico. Além disso, o consumo de ativos prebióticos ajuda a equilibrar a flora bacteriana da pele, prevenindo as lesões. 

Ademais, em quadros graves, são indicados os tratamentos com exposição aos raios UV (fototerapia) e uso de medicações injetáveis. Se as lesões surgem no couro cabeludo, existem shampoos específicos para tratar as descamações que proporcionam a esfoliação capilar. 

Por fim, a psoríase ungueal pode ser tratada com à base de clobetasol. Com a leitura deste post, você conheceu um pouco mais sobre essa doença crônica e também sobre os sintomas que pode provocar.

Quer saber mais? Estamos à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficaremos muito felizes em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do nosso trabalho em dermatologia  em Cotia! Granja Viana | Dra. Larissa Viana

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp
ATENÇÃO

Prezados pacientes,

Devido à pandemia da COVID-19, estamos seguindo as indicações do ministério da saúde.

Visando a segurança de nossos pacientes e colaboradores, estamos oferecendo atendimento presencial, com todos os cuidados necessários, e teleorientações (consultas virtuais).

Atenciosamente, 

Equipe La Vienne.