Inchaço

Inchaço após comer? Saiba o que pode ser

Sentir inchaço após as refeições é um incômodo bastante comum e afeta tanto homens quanto as mulheres. Embora às vezes tenha relação com o excesso da ingestão de alimentos, pode ocorrer em decorrência de outras situações.

Quer saber mais sobre o assunto? Então, não deixe de ler este post. Nele, explicaremos tudo o que você precisa saber a respeito do tema. Ficou interessado? Continue a leitura.

Por que há inchaço após as refeições?

A sensação de estômago inchado é mais comum do que imaginamos, mas nem todos sabem como defini-la. Geralmente, o desconforto ocorre pelo acúmulo de gases no intestino em decorrência de diferentes situações.

Em alguns casos, tem origem na fermentação bacteriana no cólon. Em outras situações, é causada pela ingestão rápida dos alimentos, pois a mastigação não é feita corretamente, levando à indigestão.

Além disso, comer rapidamente facilita a ingestão de ar, aumentando a presença de gases. O consumo de refrigerantes também causa reações no sistema digestivo e aumenta a inflamação na região.

Ademais, as intolerâncias e as alergias alimentares  também causam inchaço do estômago, principalmente àquelas associadas ao consumo de lactose e glúten. O problema também pode ser causado pela prisão de ventre, em função do acúmulo de fezes no intestino.

Outros problemas intestinais podem ter o inchaço como um de seus sintomas. Um deles é a síndrome do intestino irritável, causada pela falta de coordenação na atividade dos nervos do sistema digestório.

Ainda, as doenças inflamatórias intestinais, como a colite ulcerosa e a doença de Crohn, podem provocar o aparecimento de sangue nas fezes, diarreia, perda de peso, dor de estômago e inchaço abdominal.

Quando ir ao médico?

Geralmente, esse desconforto não representa um problema grave de saúde e ocorre esporadicamente. Quando o problema se torna crônico, é recomendado buscar a avaliação de um gastroenterologista para que seja identificada a causa do inchaço.

Além disso, é indispensável procurar o médico quando há a presença de outros sintomas, como a perda de peso, diarreia, vômito ou sangramento, ou quando os sintomas não diminuem, mesmo após o tratamento.

Quando o inchaço estomacal está relacionado à alimentação, pode ser necessário ir até um nutricionista. Se houver relação com infecções, o médico pode indicar o uso de medicamentos antiparasitários ou antibióticos.

Como evitar esse desconforto?

Quem já sentiu esse incômodo após as refeições sabe como ele prejudica no dia-a-dia. Por isso, é importante conhecer algumas formas de evitar esse sintoma. Neste sentido, listamos algumas medidas que podem ajudar:

  • busque o suporte de um nutricionista para identificar possíveis alergias ou intolerâncias alimentares. Com a confirmação, basta evitar o consumo dos alimentos responsáveis por causá-las;
  • evite o consumo de bebidas com gás e procure mastigar bem os alimentos;
  • procure diminuir a ingestão de condimentos muito picantes que irritam a mucosa intestinal;
  • utilize métodos de cozimentos saudáveis, como o vapor, forno ou grelha, sempre evitando as frituras;
  • não consuma alimentos com elevado teor de gordura.

Enfim, com a leitura deste post, você conheceu algumas das medidas que mais irão ajudá-lo a evitar a sensação de inchaço no estômago. Portanto, se você também sofre com esse desconforto e se ele for recorrente, procure um médico.

Quer saber mais? Estamos à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficaremos muito felizes em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do nosso trabalho em nutrologia  em Cotia! Granja Viana | Dr. Raphael Viana

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp
ATENÇÃO

Prezados pacientes,

Devido à pandemia da COVID-19, estamos seguindo as indicações do ministério da saúde.

Visando a segurança de nossos pacientes e colaboradores, estamos oferecendo atendimento presencial, com todos os cuidados necessários, e teleorientações (consultas virtuais).

Atenciosamente, 

Equipe La Vienne.