Dermatite de contato

Dermatite de contato em crianças

A dermatite de contato é um dos tipos de alergias tópicas mais frequentes, podendo acometer tanto adultos quanto crianças. Com isso, ocasiona a formação de bolinhas, inchaço, erupções na pele, vermelhidão e coceira.

Você sabe como ela é ocasionada? Conhece os sintomas e as formas de tratamento? Caso não, recomendamos a leitura do texto. A seguir, responderemos a todas as suas dúvidas a respeito do assunto.

O que é a dermatite de contato?

Trata-se de uma inflamação da pele ocasionada pelo contato direto com uma substância específica. Isso ocorre em função de dois mecanismos: irritação e reação alérgica. O quadro se caracteriza pela presença de lesões que ardem e coçam com frequência.

Ainda, a dermatite de contato irritativa é o tipo mais comum em crianças e surge quando há o contato da pele com uma substância que desencadeia a irritação, especialmente os solventes químicos, cosméticos com cloreto de alumínio e inseticidas.

Por outro lado, a dermatite alérgica ocorre quando a criança é exposta a uma substância à qual é sensível, desencadeando uma resposta do sistema imunológico. Entre os alérgenos mais comuns estão a borracha natural, bijuterias, perfumes, cosméticos, tinturas de cabelo, plantas e metais.

Ademais, a depender da sensibilidade da criança, a dermatite pode se manifestar a partir de uma única exposição ou de múltiplas exposições ao longo de vários anos. Porém, após desenvolvê-la, ela será alérgica à substância por toda a vida.

Quais são os sintomas?

Independente do tipo ou da causa da dermatite de contato, a criança sempre irá apresentar prurido e erupção. Quando alérgica, a coceira é mais intensa. Já na irritativa, a dor é a principal causa de desconforto.

Ademais, em ambos os casos, a erupção cutânea irá variar de vermelhidão leve a inchaço intenso e bolhas grandes. Geralmente, surge apenas nas áreas da pele que entraram em contato com a substância.

Além disso, as crianças podem apresentar irritabilidade, choro frequente, alterações no sono e no apetite, surgimento de áreas vermelhas, ressecadas, rachaduras e descamação da pele. A dermatite não contagia outras pessoas e nem outras partes do corpo.

Como é o tratamento?

O tratamento da dermatite de contato só funciona quando não há mais a exposição à substância desencadeadora. Assim, primeiro elimina-se esse contato para que a vermelhidão desapareça, o que ocorre em até uma semana.

Ainda, a coceira e as bolhas podem ser aliviadas a partir do uso de determinados medicamentos tópicos ou administrados por via oral. Além disso, pequenas áreas de dermatite podem ser acalmadas por meio de compressas de água fria ou de acetato de alumínio.

Ademais, em alguns casos, o uso de corticosteroides pode ser indicado. Quando a hidrocortisona não funciona, o dermatologista prescreve um tipo de creme. Se o quadro for grave, o medicamento pode ser administrado por via oral.

Assim, com o tratamento correto e afastada a substância causadora, a criança pode ter uma melhora rápida e a dermatite tende a não retornar. Para evitar novas crises, o mais indicado é descobrir a causa e eliminá-la totalmente.

Então, com a leitura deste post, você conheceu um pouco mais sobre a dermatite de contato e o modo como ela acomete as crianças. Apenas com o acompanhamento de um dermatologista é que a doença pode ser tratada corretamente.

Quer saber mais? Estamos à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficaremos muito felizes em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do nosso trabalho em dermatologia  em Cotia! Granja Viana | Dra. Larissa Viana

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp
ATENÇÃO

Prezados pacientes,

Devido à pandemia da COVID-19, estamos seguindo as indicações do ministério da saúde.

Visando a segurança de nossos pacientes e colaboradores, estamos oferecendo atendimento presencial, com todos os cuidados necessários, e teleorientações (consultas virtuais).

Atenciosamente, 

Equipe La Vienne.