cuidados

5 cuidados com a pele após o uso de máscara

Com a pandemia do novo coronavírus, surgiu a necessidade de inserir um novo acessório em nossa rotina: as máscaras de proteção. No entanto, com o seu uso constante, podem surgir alguns efeitos colaterais na pele. Para evitá-los, é preciso adotar alguns cuidados.

Quer saber quais? Então, recomendamos a leitura deste post. A seguir, listamos algumas das medidas que são essenciais para evitar que as máscaras provoquem algum tipo de dano à sua pele.

1) Ajuste corretamente

Um dos principais problemas decorrentes do uso de máscaras de proteção facial é a marca de pressão. Para evitá-la, ajuste-as adequadamente, garantindo que não estejam uma distância curta das alças que prendem atrás das orelhas ou cabeça.

2) Use máscaras com a pele limpa

Em decorrência do uso de máscaras, aumentou consideravelmente o número de queixas de dermatites de contato nos consultórios dermatológicos. Na grande maioria dos casos, a origem do problema está na utilização das máscaras N95.

Isso porque, são fabricadas com materiais que liberam resina na parte interna, fazendo com que entrem em contato com o rosto. Além disso, ao utilizar maquiagem antes de colocar a máscara, pode ocorrer de resíduos ficarem presos na sua trama.

Com isso, há uma redução na capacidade de filtragem das partículas do ar, comprometendo a capacidade de reter os microrganismos, como o próprio novo coronavírus. Assim, recomenda-se o uso da máscara com a pele limpa, sem maquiagem.

Outro ponto de atenção: a simples utilização das máscaras pode obstruir os poros e desidratar a pele. Quando são usadas com maquiagem, o problema pode se tornar ainda mais grave.

3) Mantenha a pele hidratada

Uma consequência comum do uso de máscaras são as lesões de pele ocasionadas pela pressão constante sob o rosto, principalmente em profissionais de saúde. Com isso, surgem manchas roxas ou até pequenos cortes na pele.

Quanto maior o tempo de uso, maior será o grau de ressecamento e de desidratação. Por isso, deve ser continuamente hidratada, antes e depois da jornada de trabalho.

4)  Evite o excesso de oleosidade

A oleosidade da pele pode ser exacerbada com o uso de máscaras. Assim, a rotina de cuidados é fundamental. Então, higienize o rosto com sabonete específico e, se prescrito por um dermatologista, aplique um spray com água rica em zinco antes de utilizar o acessório.

Além disso, após retirar a máscara e higienizar as mãos, lave o rosto com sabonete facial, aplique tônicos específicos para peles oleosas e não se esqueça de hidratá-la. Verifique com seu dermatologista a possibilidade de utilizar hidratantes seborreguladores.

5) Não lave o rosto com água quente

O abafamento pela máscara pode iniciar um quadro inflamatório na pele do rosto, aumentando a secreção sebácea e causando a acne. Assim, pode causar acne, dermatite seborreica ou até rosácea.

Dessa forma, para evitar esses problemas, faça uma boa limpeza diária da pele, seguida de hidratação. Porém, evite lavar o rosto com água quente, etanol ou produtos que provoquem irritação, como os limpadores faciais.

Enfim, enquanto for necessário utilizar as máscaras de proteção, procure sempre adotar as medidas necessárias para evitar danos à pele. Portanto, considere nossas dicas e siga todos esses cuidados.

Quer saber mais? Estamos à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficaremos muito felizes em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do nosso trabalho em dermatologia  em Cotia! Granja Viana | Dra. Larissa Viana

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp
ATENÇÃO

Prezados pacientes,

Devido à pandemia da COVID-19, estamos seguindo as indicações do ministério da saúde.

Visando a segurança de nossos pacientes e colaboradores, estamos oferecendo atendimento presencial, com todos os cuidados necessários, e teleorientações (consultas virtuais).

Atenciosamente, 

Equipe La Vienne.