veganismo

5 mitos e verdades do veganismo

A busca por uma alimentação mais saudável e também sustentável tem provocado um considerável aumento no número de adeptos ao veganismo. Contudo, ainda existem muitas dúvidas sobre os benefícios e malefícios dessa dieta.

Então, se você tem interesse em saber mais sobre o assunto e descobrir o que é mito e o que é verdade entre as principais afirmações compartilhadas na internet, não deixe de ler este post.

1. Veganismo causa deficiência nutricional

Mito. Em sua essência, o ser humano é onívoro, ou seja, pode se alimentar tanto com alimentos de origem animal quanto com vegetais. Assim, a alimentação vegana oferece o aporte nutricional necessário para o organismo.

Ainda, a única exceção à regra é a vitamina B12. Esse ativo é sintetizado pelas bactérias presentes no solo. Neste sentido, é encontrada na parte externa dos alimentos e naqueles de origem animal. 

Porém, com a vida moderna, esses produtos não são colhidos diretamente da terra, mas sim lavados e descascados. Dessa forma, os adeptos do veganismo precisam buscar esse nutriente através da suplementação. 

2. A dieta vegana melhora a performance

Verdade. A alimentação estritamente vegana é rica em todos os nutrientes, principalmente os minerais, antioxidantes e vitaminas que estão relacionadas com a melhora de performance na prática esportiva.

Ademais, com o consumo de proteína animal, a digestão se torna lenta e, consequentemente, prejudica o desempenho dos atletas. Como não se alimentam de carne vermelha, os veganos não sofrem com esse problema. Além disso, a alimentação à base de vegetais é mais alcalina, melhorando a qualidade do sangue e a irrigação para os músculos.

3. Apenas adultos podem se tornar veganos

Mais um mito. A dieta vegana não oferece nenhum prejuízo à saúde. Por isso, pode ser seguida tanto por adultos quanto por crianças. Assim, você pode criar seus filhos sem a ingestão de alimentos de origem animal e ele crescerá perfeitamente saudável.

Apenas durante a gestação, a mãe vegana precisa fazer acompanhamento nutricional para garantir que o bebê está recebendo os nutrientes adequados para o seu desenvolvimento. Porém, essa é uma ação também necessária para bebês não veganos.

4. A alimentação vegana não é variada

Mito. Na verdade, a lógica é contrária a essa afirmação. A dieta carnívora é muito mais limitada que a vegana. Isso porque essa dieta utiliza o que é produzido pela natureza, que é diversa e oferece uma ampla variedade de opções.

Embora seja necessário evitar os industrializados, os veganos podem fazer diferentes combinações entre frutas, verduras, legumes, cereais, grãos e temperos. Com isso, é possível criar inúmeras receitas.

5. Existe junk food vegano

Verdade. Nem só de alimentos saudáveis vive o vegano. Além dos produtos industrializados que já existiam antes, como a batata-frita congelada, biscoitos e pães integrais, nos últimos anos surgiram uma grande variedade de junk food de origem vegetal.

Ainda, com o crescente número de adeptos aos regimes alimentares mais restritivos, a indústria alimentícia percebeu um novo mercado. Contudo, mesmo que veganos, os hambúrgueres, pizzas, empanados e doces não são saudáveis e devem ser evitados.

Portanto, se você quer aderir ao veganismo, procure saber mais sobre essa alimentação com um profissional especializado no tema. Agora, com a leitura deste post, você já sabe o que é mito e o que é verdade nas informações que circulam sobre o tema.

Quer saber mais? Estamos à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficaremos muito felizes em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do nosso trabalho em nutrologia  em Cotia! Granja Viana | Dr. Raphael Viana

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp
ATENÇÃO

Prezados pacientes,

Devido à pandemia da COVID-19, estamos seguindo as indicações do ministério da saúde.

Visando a segurança de nossos pacientes e colaboradores, estamos oferecendo atendimento presencial, com todos os cuidados necessários, e teleorientações (consultas virtuais).

Atenciosamente, 

Equipe La Vienne.