Acne

4 tratamentos para marcas de acne

A acne é uma condição que traz muito desconforto, principalmente para os mais jovens. O problema se torna ainda pior quando as espinhas e cravos são espremidos, ocasionando a formação de marcas e cicatrizes na pele.

Assim, a melhor forma de evitar esse transtorno é não apertar os comedões e buscar a orientação de um dermatologista. Quando as marcas já existem, você pode recorrer a alguns tratamentos específicos. A seguir, falaremos mais sobre eles.

1. Dermoabrasão

A dermoabrasão, ou microdermoabrasão, é uma técnica que provoca a esfoliação da pele a partir do uso de pequenos equipamentos com ponteiras fabricadas em diversos materiais. O objetivo é lixar a pele para remover a camada mais externa e deixar o rosto mais uniforme.

Ainda, essa esfoliação estimula a produção de colágeno, devolvendo firmeza e sustentação à pele. Ademais, com a descamação, outros ácidos e cremes prescritos pelo médico conseguem penetrar mais profundamente na derme.

Outrossim, a dermoabrasão é indicada para quem ainda apresenta as marcas de acne na face. O principal aspecto negativo deste procedimento é a necessidade de repeti-lo semanalmente até que seja alcançado o resultado esperado.

2. Microagulhamento

Trata-se de uma tratamento estético utilizado para remover as cicatrizes de acne, disfarçar rugas, linhas de expressão e manchas da pele. Para isso, a área é estimulada com microagulhas, levando à formação de novas fibras de colágeno.

Ainda, por ser uma técnica delicada, o microagulhamento deve ser realizado apenas por profissionais capacitados. O procedimento é realizado em consultório, com o uso de anestésico em creme ou injetável.

Ademais, a aplicação das agulhas na derme causa desconforto, que varia de intensidade de acordo com cada paciente. O tempo de recuperação também é variável. Após o tratamento, é necessário utilizar protetor solar e manter a pele hidratada e higienizada.

3. Uso de cremes

Em alguns casos, o dermatologista pode prescrever o uso de cremes que estimulam a produção de colágeno. Geralmente, é o tratamento mais indicado para adolescentes e jovens que ainda apresentam acne no rosto.

Ainda, os cremes devem ser aplicados diariamente após a higienização da pele. O uso desses produtos será mantido enquanto houver o surgimento de novas espinhas e cravos no rosto do paciente.

Ademais, quando a acne ainda está muito presente na pele do indivíduo e começa a formar cicatrizes, é necessário redobrar o tratamento. Isso significa utilizar outros fármacos, como a isotretinoína, para prevenir o aparecimento de novas marcas.

4. Peeling químico

Trata-se de umas das técnicas mais utilizadas para o tratamento da acne e consiste na aplicação de substâncias ácidas na pele. Com isso, haverá uma descamação que leva ao surgimento de uma nova camada de pele.

Ainda, por ser um tratamento de maior intensidade, é capaz de eliminar até as cicatrizes mais profundas da pele. Ademais, este tratamento costuma ser indicado para quem já não possui nenhuma acne no rosto e que tenha mais de 30 anos.

Então, como você pode perceber, existem diferentes técnicas eficazes para o tratamento das cicatrizes de acne. Desse modo, se não for possível evitá-las, basta procurar um dermatologista para avaliar qual a alternativa mais indicada para o seu caso.

Quer saber mais? Estamos à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficaremos muito felizes em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do nosso trabalho em dermatologia  em Cotia! Granja Viana | Dra. Larissa Viana

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp
ATENÇÃO

Prezados pacientes,

Devido à pandemia da COVID-19, estamos seguindo as indicações do ministério da saúde.

Visando a segurança de nossos pacientes e colaboradores, estamos oferecendo atendimento presencial, com todos os cuidados necessários, e teleorientações (consultas virtuais).

Atenciosamente, 

Equipe La Vienne.