avaliação nutrológica

O que é avaliação nutrológica?

O que é avaliação nutrológica?

É fundamental a preocupação com os alimentos que levamos para a mesa e para o nosso corpo. Afinal, é por meio dos alimentos que conquistamos uma vida mais saudável. Neste sentido, a avaliação nutrológica deve ser realizada em todas as fases da vida.

Mas, o que é de fato é avaliação nutrológica?

Esta análise pode detectar quando o paciente corre algum risco nutricional, como desnutrição, carência ou excesso de nutrientes, transtornos alimentares, entre outros problemas ligados à alimentação. O nutrólogo é quem irá determinar se existe algo fora do normal dentro dos padrões nutricionais, por meio de anamnese, exames bioquímicos e físicos, além do histórico familiar do paciente.

Pessoas em pré e pós-operatório de cirurgia bariátrica têm indicação mais do que essencial para a realização da avaliação nutrológica. Isso porque alguns pacientes precisam perder gordura antes da cirurgia, além de terem que manter uma alimentação equilibrada após o procedimento.

Cada faixa etária tem seu próprio protocolo de avaliação recomendado pela Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), como descrito abaixo. Confira!

Recém-nascidos

Para os recém-nascidos, de 0 a 30 dias, é necessária a realização de anamnese com as mães. Durante a avaliação nutricional, o nutrólogo analisa a idade gestacional, intercorrências durante a gestação, além do comprimento e peso de nascimento do bebê.

Além disso, é importante saber se o bebê foi alimentado por leite materno desde o nascimento, se usou vitaminas ou medicações, se dorme com os pais ou no berço e sua idade cronológica ou corrigida, no caso de prematuros.

Durante o exame físico, são observados peso, perímetros da cabeça, do tórax e do abdômen, além do comprimento da criança. O nutrólogo também avalia como é feita a mamada, para observar possíveis incorreções na pega.

Lactente

Para os bebês de 1 a 2 anos são feitas as mesmas perguntas da fase anterior, caso seja a primeira consulta. Além disso, também é preciso informar o tempo de amamentação exclusiva e observar a mamada (aleitamento materno, mamadeira ou copo).

Outros detalhes são analisados, como o tipo e o preparo do leite, se existe alimentação complementar e como é o hábito de sono do bebê. Também é observada a progressão de crescimento, desenvolvimento neurológico, psicomotor, social, bem como a pressão arterial da criança.

Pré-escolar (2 a 5 anos) e escolar (5 a 10 anos)

Durante a anamnese, repetem-se as perguntas sobre a fase de lactente, além de informações sobre o comportamento da criança e tempo de tela (videogames, televisão, jogos eletrônicos, computador, tablets e celular).

Outros questionamentos estão ligados aos hábitos de atividade física e entretenimento, como na escola, ou esportes praticados.

Durante o exame físico, são avaliados peso, estatura, Índice de Massa Corporal (IMC), desenvolvimento neuropsicomotor, pressão arterial e velocidade do crescimento.

Adolescência (10 a 19 anos)

Além dos questionamentos anteriores, outras perguntas são complementadas, tais como detalhes da alimentação fora de casa ou na escola.

Nesta fase, é preciso saber sobre o rendimento escolar, atividades físicas e de lazer realizadas, bem como frequência de consumo de fast-food, álcool, suplementos, cigarro ou anabolizantes.

Durante o exame físico, são verificados peso, estatura, IMC, pressão arterial, circunferência abdominal e avaliação do estadiamento puberal (Tanner). O adolescente também é questionado sobre a percepção da sua própria imagem corporal.

Quer saber mais? Estamos à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficaremos muito felizes em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do nosso trabalho em nutrologia  em Cotia!

Posted by Dra. Larissa Viana in Todos