Skinbooster

Skinbooster: como funciona o procedimento



Enquanto somos jovens, a pele é uniforme, firme e elástica. Contudo, com o envelhecimento e a ação do tempo, todas essas características começam a desaparecer. Neste sentido, surgiu o skinbooster, um procedimento que promove o rejuvenescimento da pele.

Você já ouviu falar nele? Sabe como é realizado? Então, não deixe de ler este post. A seguir, você vai conhecer tudo a respeito do assunto.

O que é skinbooster?

Trata-se de um procedimento estético que consiste na aplicação de ácido hialurônico nas camadas mais profundas da pele. Essa substância é produzida naturalmente pelo corpo e é responsável pela firmeza e hidratação..

Porém, conforme envelhecemos, há uma gradual redução na quantidade produzida pelo organismo desse ácido. Em consequência disso, a pele perde em hidratação e elasticidade, favorecendo o aparecimento de rugas e linhas de expressão.

Assim, o skinbooster restaura os níveis de ácido hialurônico e colágeno da pele, trazendo benefícios muito superiores àqueles produzidos pelos dermocosméticos, tais como, atenuação das linhas e rugas na face, ao redor dos olhos, colo e pescoço.

Como o procedimento é realizado?

O skinbooster é aplicado por meio de injeções na camada intermediária da pele (derme). Em seguida, a própria substância atrai as moléculas de água para perto, criando um reservatório hídrico, melhorando a espessura, a maciez e o viço da pele.

Ainda, o procedimento restaura a derme do paciente, promovendo uma hidratação profunda. Com isso, ele sente uma melhora considerável da flacidez e das rugas de expressão em até uma semana após o tratamento.

Ademais, a quantidade de sessões são determinadas pelo tipo de pele do paciente e dos locais onde ocorrerão as aplicações. Geralmente, são recomendadas de 1 a 3 aplicações no intervalo de 30 dias. 

Além disso, o paciente pode retornar normalmente ao trabalho após as sessões, sem a necessidade de repouso. Os resultados podem permanecer por até 12 meses. Posteriormente, são necessárias novas aplicações de manutenção.

Quando é indicado?

De modo geral, o skinbooster é indicado para todas as pessoas que estão insatisfeitas com as características da sua pele e buscam rejuvenescê-la, tanto homens quanto mulheres. O procedimento pode ser feito no rosto, pescoço, mãos, braços, lábios e colo.

A técnica também é recomendada para quem deseja melhorar a estrutura da pele em razão das cicatrizes provocadas pela acne ou dos danos causados pela exposição ao sol.

Existe contraindicação?

O procedimento é contraindicado para gestantes, pessoas que tenham alergia ao produto ou que fazem uso de anticoagulantes. Outras situações de doenças de pele ou marcas mais profundas, serão avaliadas pelo dermatologista.

Quais cuidados preciso ter?

Para obter os melhores resultados, é importante ser avaliado por um médico antes do procedimento. Caso haja a indicação, no dia das aplicações não é permitido fazer atividades físicas e nem se expor ao sol.

Após a sessão, é possível que surjam pequenos hematomas na pele. Nesses casos, o paciente deve utilizar protetores solares e também evitar o sol.  Assim, o skinbooster é uma técnica que produz muitos benefícios, melhorando consideravelmente a pele do paciente. 

Quer saber mais? Estamos à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficaremos muito felizes em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do nosso trabalho em dermatologia  em Cotia! Granja Viana | Dra. Larissa Viana



Comentários
Avatar

Posted by Instituto La Vienne