Psoríase e dermatite atópica

Psoríase e dermatite atópica: entenda a diferença

Descamação da pele, desconforto, manchas avermelhadas e coceira. Você sabe o que esses sintomas têm em comum? Todos estão presentes nos quadros de psoríase e dermatite atópica. Porém, no que diz respeito às complicações, são doenças completamente diferentes.

Neste sentido, preparamos este post para explicar um pouco mais sobre essas duas condições, seus sintomas e para expor os principais pontos que as distinguem.

O que é psoríase?

Trata-se de uma doença de pele crônica, não contagiosa e cíclica, ou seja, os sintomas surgem e desaparecem espontaneamente. Embora não tenha uma causa conhecida, já se sabe que está relacionada com os linfócitos T, células de defesa do organismo.

Dessa forma, a psoríase se desenvolve a partir de uma reação do sistema imunológico que se infiltra na pele e provoca um crescimento acelerado das células da pele, que produzem escamas em razão da sua imaturidade. 

No entanto, as células que já estavam na pele não são eliminadas, fazendo com que se acumulem, formando manchas espessas e escamosas. Ainda, a psoríase afeta cerca de 5% da população mundial, sendo mais frequente em pessoas de pele clara e entre as faixas etárias de 16 a 22 anos ou de 57 a 60 anos. 

Quais os sintomas?

Os sintomas variam de acordo com cada caso ou o tipo de psoríase. Os mais comuns são: presença de manchas vermelhas com escamas secas na pele, coceira, queimação, inchaço e rigidez das articulações, unhas grossas com depressões, pele ressecada e rachada.

Ainda, em quadros graves, a doença pode causar dor intensa e afetar significativamente a autoestima do paciente. Ademais, obesidade, estresse, climas frios, consumo de bebidas alcoólicas e tabagismo são fatores que podem intensificar a doença.

O que é dermatite atópica?

Trata-se de um tipo de alergia cutânea crônica de origem genética não contagiosa e que se caracteriza pela presença de lesões avermelhadas que coçam e, às vezes, se descamam. Geralmente, elas surgem no rosto das crianças ou nas dobras do joelho e cotovelo em adultos.

Ainda, a dermatite atópica pode ser acompanhada por outras atopias, como asma ou rinite alérgica. Entre os principais fatores que aumentam as chances de desenvolver a doença estão:

  • alergia a pólen, mofo, ácaros ou animais;
  • exposição a irritantes ambientais, fragrâncias ou corantes;
  • roupas de lã ou de tecido sintético;
  • frio ou calor intenso;
  • estresse emocional.

Qual a diferença entre psoríase e dermatite atópica?

Embora sejam muito semelhantes, existem alguns fatores que ajudam na distinção entre a psoríase e dermatite atópica. São eles:

  • a dermatite atópica pode estar associada à asma e à rinite e surge em função de uma hipersensibilidade do sistema imunológico. Já a psoríase está relacionada com a multiplicação acelerada das células da pele;
  • as manchas da psoríase são mais nítidas, grossas e secas;
  • a psoríase causa queimação na pele;
  • na dermatite atópica predomina a coceira;
  • a psoríase pode estar relacionada à artrite psoriásica, hipertensão, doença renal ou cardiovascular.

Portanto, após a leitura, você já conhece as diferenças entre psoríase e dermatite atópica. Porém, a melhor forma de buscar o diagnóstico correto é procurando um profissional especializado no assunto.

Quer saber mais? Estamos à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficaremos muito felizes em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do nosso trabalho em dermatologia  em Cotia! Granja Viana | Dra. Larissa Viana

Comentários
Avatar

Posted by Instituto La Vienne