Peeling

7 cuidados com a pele após o peeling

O peeling é um tratamento estético que consiste na esfoliação das camadas da derme, com o objetivo de remover as células mortas. A técnica promove a regeneração cutânea, melhora o seu aspecto e estimula a produção de colágeno e fibras de elastina.

Além disso, o procedimento trata manchas, promove clareamento, reduz marcas e cicatrizes, diminui linhas de expressão e retira impurezas da pele. 

Tipos de peelings

Físicos

São os mais superficiais e utilizados para o tratamento de acne, poros dilatados e cravos. Ele promove uma microesfoliação da pele por meio da fricção (cristal, diamante, ultrassom ou microdermoabrasão). A esfoliação favorece a renovação da pele e aumenta a penetração de ativos. Essa técnica faz com que a pele fique mais fina, por isso, é indicado o uso constante do filtro solar. 

Químicos

Nesta técnica, são utilizadas ativos como o ácido retinóico, salicílico, glicólico, tricloroacético, solução de jessner, 5-fluoracil e o peeling de fenol. Pode ser de intensidade superficial, média e profunda, de acordo com o objetivo do tratamento. 

Cuidados com a pele após o peeling

A esfoliação pode deixar a pele extremamente sensibilizada. E, dependendo do procedimento e da profundidade da descamação, pode haver inchaço, vermelhidão e ardor na pele. Por isso, é necessário que o paciente siga algumas instruções para não só amenizar esses sintomas, como também potencializar seus efeitos e evitar complicações.

Limpeza

A limpeza deve ser feita de maneira leve. Por isso, prefira o uso de sabonetes neutros ao fazer a higiene do rosto. Esse tipo de sabonete agride menos a pele, ajudando a recuperar sua barreira natural.

Fotoproteção

O principal cuidado após a realização do peeling é o uso do protetor solar. Prefira os que oferecem fatores altos de proteção e faça a reaplicação a cada três horas, mesmo em dias nublados ou dentro de casa. A proteção contra os raios ultravioleta e a luz visível é necessária. O peeling promove uma hipersensibilização na pele, que, desprotegida, pode sofrer com manchas fortes.

Hidratação

Outro fator importante, antes e depois do procedimento, é a hidratação. Ela irá agir na retirada da pele que irá descamar, além disso, a reposição da água ajudará a reduzir o inchaço e a regenerar a pele. 

Água termal

A água termal, além de promover hidratação, ajuda a melhorar o ardor, já que possibilita um resfriamento no local.

Não coloque a mão no local tratado

Ao passar pelo procedimento, o rosto pode ficar sensível e incômodo. Por isso, evitar colocar a mão é essencial para que não haja complicações, incluindo infecções. Além disso, não tente remover a pele que está descamando. Isso evita cicatrizes.

Cremes cicatrizantes

Esse tipo de creme auxilia a troca da pele: tanto na descamação quanto na formação da nova camada.

Compressas

Compressas geladas de soro fisiológico ou chá de camomila tendem a acalmar a pele e previnem o inchaço.

O peeling é um procedimento que proporciona inúmeros benefícios. Mas, para que esses resultados sejam alcançados, é preciso que o paciente siga todos os cuidados recomendados pelo dermatologista para que não ocorram complicações.

Quer saber mais? Estamos à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficaremos muito felizes em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do nosso trabalho em dermatologia  em Cotia!

Comentários

Posted by Dra. Larissa Viana