obesidade

Obesidade: como emagrecer sem cirurgia

Segundo a Pesquisa Nacional de Saúde, realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), cerca de 41 milhões de brasileiros são obesos, o que representa um em cada quatro habitantes. Além disso, a obesidade é considerada um problema mundial de saúde pública.

Embora a cirurgia bariátrica seja uma excelente alternativa de tratamento para quadros mais graves, é possível perder peso de forma convencional e menos invasiva. Este será o tema deste post.

O que é obesidade?

Trata-se de uma patologia que se caracteriza pelo acúmulo de gordura no corpo provocado pelo consumo exagerado de calorias, sendo superior à quantidade queimada diariamente pelo organismo.

Ainda, o diagnóstico de obesidade é definido pelo Índice de Massa Corpórea (IMC), metodologia utilizada pela OMS (Organização Mundial da Saúde)  para classificar a condição física de uma pessoa.

Para obter este índice, deve-se realizar a divisão do peso do indivíduo pela sua altura ao quadrado. O resultado desta fórmula irá se enquadrar em uma das faixas de referência abaixo: 

  • Entre 25,0 e 29,9 Kg/m2 = sobrepeso
  • Entre 30,0 e 34,9 Kg/m2 =  grau I
  • Entre 35,0 e 39,9 Kg/m2 = grau II
  • Maior que 40,0 Kg/m2 = grau III

Ademais, a obesidade é uma doença grave, pois torna uma pessoa mais suscetível ao desenvolvimento de outras patologias que podem levá-la à morte, como, por exemplo, hipertensão arterial, diabetes, dislipidemia e doenças cardiovasculares.

Como emagrecer sem cirurgia?

O desejo por emagrecer leva muitas pessoas a procurar a cirurgia bariátrica. Contudo, esse procedimento é restrito a pacientes obesos que já tenham tentado perder peso e não obtiveram sucesso.

Nesses casos, é possível adotar outras medidas não cirúrgicas. A principal delas diz respeito à alimentação. Como a obesidade está relacionada ao consumo de calorias, a simples reeducação alimentar pode ajudar a emagrecer.

Além de aumentar a ingestão de alimentos saudáveis e nutritivos, é preciso substituir as gorduras nocivas pelas gorduras boas. Neste sentido, você pode inserir no seu cardápio o abacate, o salmão e as oleaginosas.

Ademais, para controlar o peso e manter o aporte nutricional, consuma, pelo menos, 30 gramas de fibras por dia. Isso porque, a ausência de fibras nas refeições é uma das principais causas do crescimento no número de indivíduos obesos no mundo.

Combatendo a obesidade diminuindo a ingestão de sal e açúcar

Outrossim, ainda falando dos hábitos alimentares, se você deseja emagrecer sem a necessidade de procedimentos invasivos, diminua a ingestão de açúcar e sal. O açúcar em excesso é metabolizado no organismo e se transforma em acúmulo de gordura abdominal.

Já o sal, utilizado para o preparo de alimentos, é rico em sódio, mineral que contribui para a retenção de líquidos. Para reduzir o consumo desses alimentos, você também deve evitar os pães, massas e bolos, pois contêm grande concentração de sal e açúcar.

Contudo, realizar essa reeducação alimentar não é uma tarefa simples. Por isso, recomenda-se o acompanhamento nutricional com um profissional. Além disso, lembre-se de praticar exercícios físicos com regularidade.

Então, como você pode perceber, é possível perder peso sem passar por uma intervenção cirúrgica. Porém, caso você seja diagnosticado com obesidade mórbida, a cirurgia bariátrica pode ser a opção mais efetiva.

Quer saber mais? Estamos à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficaremos muito felizes em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do nosso trabalho em nutrologia  em Cotia! Granja Viana | Dr. Raphael Viana.

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp
ATENÇÃO

Prezados pacientes,

Devido à pandemia da COVID-19, estamos seguindo as indicações do ministério da saúde.

Visando a segurança de nossos pacientes e colaboradores, estamos oferecendo atendimento presencial, com todos os cuidados necessários, e teleorientações (consultas virtuais).

Atenciosamente, 

Equipe La Vienne.