herpes

O que é a herpes?



Segundo dados do Ministério da Saúde brasileiro, estima-se que ocorram, anualmente, 3 milhões de casos de varicela no país. Essa doença é um dos tipo de herpes existentes, também conhecida como catapora.

Você sabe como ela é causada? Sabe quais são os sintomas? Então, recomendamos a leitura deste post. Nas próximas linhas, responderemos a essas e outras possíveis dúvidas que você tenha.

Saiba mais sobre a herpes

Trata-se de uma doença causada pelos vírus Varicela-Zóster (VVZ) e pelo herpesvírus tipo 1 e tipo 2. Assim, ela irá variar de nome de acordo com o agente causador. Quando causada pelo VVZ, causa a varicela (catapora) e o herpes zóster (cobreiro).

Ainda, este microrganismo está presente no organismo do paciente durante toda a vida, mas só é ativado na idade adulta ou em pessoas que tenham alguma fraqueza no sistema imunológico, como é o caso da hipertensos, diabéticos, portadores de câncer ou Aids.

Quando não tratada, ela pode causar diversas complicações, inclusive levar à morte.Em alguns casos, é possível que o vírus seja adquirido pelo contato com doentes de varicela ou de zóster. 

Quando o contágio é pelo herpesvírus tipo 1 ou 2, causa a chamada herpes simplex. Trata-se de um tipo de infecção viral comum, na qual a grande maioria das pessoas já adquiriu imunidade ainda na infância.

Ademais, a transmissão do herpesvírus se dá por gotículas de saliva, beijo e contato com objetos contaminados. Enquanto o tipo 1 afeta a região da boca, o tipo 2 promove lesões na vulva, pênis, ânus, nádegas e virilha.

Quando qualquer uma das formas do herpesvírus penetra o organismo, eles nunca mais são eliminados. Por isso, é fundamental que o indivíduo mantenha as defesas do corpo em pleno funcionamento.

Quais são os sintomas?

Os dois tipos da doença se caracterizam pela presença de vesículas e dor na região afetada. No caso da zóster, essas vesículas são unilaterais e percorrem o trajeto do nervo acometido. Já a herpes simples manifesta lesões cutâneas nos lábios, boca, nariz, olhos e região genital.

Contudo, quando causada pelo vírus Varicela-Zóster, antes das vesículas, o paciente pode apresentar:

  • dores nos nervos;
  • sensação de formigamento, agulhada ou dormência;
  • coceira ;
  • febre;
  • dor de cabeça;
  • mal-estar.

Ainda, quando causada pelo herpesvírus, o paciente também apresenta vermelhidão e ardor, além de favorecer a transmissão de outras infecções, como o HIV.

Como é o tratamento?

O tratamento desta doença costuma seguir um padrão: uso de medicamentos antivirais. O que pode variar é a dosagem, pois no caso da zóster há uma necessidade maior. Além disso, o profissional de saúde pode prescrever medicamentos para aliviar a dor e outros sintomas.

Ademais, existem vacinas para prevenir tanto a varicela quanto o herpes-zóster, mas só estão disponíveis na rede particular de saúde. Já para os tipos 1 e 2, ainda não foram desenvolvidas vacinas que protejam contra a infecção.

Agora você já sabe tudo o que precisa sobre o herpes e suas variações. Fique atento aos sintomas e, caso suspeite de algo, procure um profissional de saúde especialista nos cuidados com a pele.

Quer saber mais? Estamos à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficaremos muito felizes em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do nosso trabalho em dermatologia  em Cotia! Granja Viana | Dra. Larissa Viana



Comentários
Avatar

Posted by Instituto La Vienne