musculação

4 sinais de que você está estagnado na musculação

Fazer musculação não é garantia de bons resultados, se ela não estiver associada a uma série de fatores que serão explicados neste texto. Muitos praticantes entusiastas entram na academia e acham que a massa muscular vai aparecer do dia para a noite, mas não é bem assim que funciona.

Ter um desenvolvimento constante durante a prática de exercícios físicos é algo que estimula e mantém a motivação do indivíduo, por isso deve ser um fato a considerar durante todo o processo. Para isso, é preciso atender a uma série de critérios.

Se você treina há muito tempo mas seu corpo não progrediu nos últimos meses, é provável que você esteja em um processo de estagnação dos resultados, o que acontece porque o corpo passa por mecanismos de adaptação bem específicos.

A seguir, alguns sinais de estagnação dos resultados que podem ser resolvidos associando diferentes mudanças no treino, descanso, dieta entre outros fatores.

Você sente alguma alteração nos músculos horas após o treino?

Um treino de musculação com objetivo de hipertrofia vai além do que o corpo está adaptado. No dia seguinte, demonstrará isso nos músculos trabalhados, o que se denomina dor muscular tardia.

Sentir essa dor prova que fibras musculares foram rompidas e estão em processo de regeneração, o que promove o desenvolvimento muscular. Se você treina e não sente nada no dia seguinte, pode estar com os resultados estagnados.

Você tem o mesmo treino há muito tempo?

O treino consiste em exercícios, mas, também, em variáveis como execução, carga, velocidade, cadência e intervalos, ou seja, você pode praticar os mesmos exercícios, mas fazer mudanças nesses aspectos e obter resultados excelentes.

No entanto, se o treino se mantém do mesmo jeito há muitos meses, o processo fica estagnado. A explicação é que os músculos são estimulados sempre da mesma forma e eles já se adaptaram ao treino.

Dessa maneira, você consegue manter a musculatura, mas não consegue evoluir, desenvolvendo-a ainda mais.

Seu peso e índice de gordura não alteram?

Esse é um dos sinais de que o treino deixou de fazer efeito há muito tempo, por isso é preciso ser avaliado pelo educador físico, a fim de ajustar o treino ao seu objetivo.

Quando o corpo está em evolução, o peso e o índice de gordura são as primeiras variáveis a serem alteradas, pois estão relacionadas à composição corporal. Quando isso não ocorre, você está em estagnação.

Um detalhe importante é que a alteração pode não ocorrer nos dois índices simultaneamente. Você pode manter o mesmo peso e reduzir gordura com aumento de massa magra, mas somente uma consulta com um profissional pode avaliar essa situação.

Seu corpo não apresenta mudança?

Algumas mudanças no corpo só são percebidas pela própria pessoa e o espelho é o aliado nessa questão. Assim, observe a sua evolução. Você pode fazer fotos e ir comparando ao longo do tempo.

É preciso ter consciência corporal no momento da execução dos exercícios, mas também na percepção de que o corpo está evoluindo, como se a flacidez reduziu, se a barriga diminuiu, se os músculos estão mais tonificados. Enfim, observe seu corpo com critério.

Quer saber mais sobre musculação? Estamos à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficaremos muito felizes em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do nosso trabalho em nutrologia  em Cotia!

Comentários

Posted by Dra. Larissa Viana