Microagulhamento

Microagulhamento pode ser feito em casa?

Quem não quer ter uma pele bonita, não é mesmo? O microagulhamento está entre os tratamentos mais efetivos para devolver a vitalidade, corrigir hiperpigmentações e até potencializar outros tratamentos, como reposição de vitamina C na pele. Quer saber mais sobre este tratamento? Então, nos acompanhe nessa leitura!

O que é microagulhamento?

Microagulhamento é uma técnica dermatológica utilizada para estimular a produção de colágeno e dar mais firmeza à pele. Ele ajuda na redução de manchas e na melhor absorção de cosméticos (drug delivery).

Também chamada de indução percutânea de colágeno (IPCA), a técnica utiliza agulhas de diferentes espessuras e profundidades em um rolo, que é passado na pele em diferentes sentidos. O objetivo do tratamento é gerar micro lesões na pele, que estimulam sua regeneração com maior vascularização e elasticidade. 

Os tipos de agulha, intensidade de aplicação e forma de realizar o procedimento dependem da região da pele, necessidades e objetivos de cada pessoa.

Quando é indicado?

As indicações profissionais para tratamentos como o microagulhamento estão voltadas para quem deseja tratar melasmas, manchas de acne, além de devolver o viço e a firmeza. A técnica possibilita a maior produção de colágeno na região, além de potencializar tratamentos tópicos, auxiliando na penetração dos princípios ativos desejados na pele.

Riscos e cuidados

Como esse tratamento provoca microlesões na pele, os tecidos ficam propensos à entrada de bactérias e demais agentes prejudiciais. Portanto, ele demanda cuidados especiais com a assepsia e com o uso de materiais descartáveis.

Além disso, uma pessoa que passa por sessões de microagulhamento deve se atentar ao uso de protetor solar para evitar manchas e a redução da efetividade do tratamento.

Contraindicações

Tratamentos com múltiplas agulhas na pele são contraindicados em alguns casos, como:

  • gravidez, caso o profissional pretenda utilizar algum medicamento no procedimento;
  • câncer de pele na região;
  • propensão à formação de quelóides;
  • baixa imunidade;
  • herpes ativa;
  • uso de medicamentos anticoagulantes.

Posso fazer microagulhamento em casa?

Não é recomendado realizar o microagulhamento em casa. Essa técnica deve ser feita por um profissional de dermatologia, preparado para avaliar o caso de ponta a ponta e realizar o procedimento da forma adequada.

Como mencionado anteriormente, deve ser feita a assepsia correta da pele e a utilização de materiais descartáveis e adequados a cada objetivo do paciente. O microagulhamento é um tratamento que pode apresentar riscos e necessita de uma avaliação especializada antes da sua realização.

Quer saber mais? Estamos à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficaremos muito felizes em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do nosso trabalho em dermatologia em Cotia!

Comentários

Posted by Dra. Larissa Viana