Todos

4 procedimentos estéticos realizados com o ultraformer

4 procedimentos estéticos realizados com o ultraformer

Para quem deseja reduzir a flacidez, eliminar a gordura localizada, rejuvenescer o rosto ou combater os sinais do envelhecimento da pele, o ultraformer é a solução. Este tratamento revolucionou a dermatologia estética, trazendo resultados surpreendentes.

Você já ouviu falar nessa técnica? Então, não deixe de ler este post. A seguir, você vai conhecer os principais procedimentos que podem ser realizados com ele.

1) Correção do contorno facial

O contorno facial é uma das regiões mais afetadas pelo envelhecimento e pelo estilo de vida. Além da redução de colágeno e de água na pele, a área sofre com a redução de volume, enfraquecimento muscular e reabsorção de massa óssea.

Assim, para reestruturar o contorno facial, podem ser realizados diferentes procedimentos estéticos, entre eles está o ultraformer III. O tratamento é baseado na aplicação de uma nova geração de ultrassom micro e macrofocado, combatendo a flacidez e a gordura localizada.

Ainda, através do equipamento, estimula-se a produção de colágeno na região aplicada, promovendo o efeito lifting e modelando o rosto. O número de sessões irá variar de acordo com o grau de flacidez, a região a ser tratada e a resposta do paciente ao tratamento.

2) Redução da papada

A papada, ou queixo duplo, é um dos problemas estéticos mais temidos pelas mulheres. Isso porque a condição afeta a estrutura e a harmonia do rosto. Esse excesso de gordura que surge entre o pescoço e o queixo pode ser eliminado com o ultraformer.

Ainda, essa tecnologia se diferencia dos outros procedimentos, pois, não trata só a pele, mas também a membrana que envolve a musculatura SMAS. Para a papada, aplica-se o ultrassom microfocado sobre micropontos de coagulação na derme.

Assim, há uma maior produção de células do tecido conjuntivo (fibroblastos), colágeno e elastina, melhorando a flacidez. Ademais, o tratamento também elimina as células de gordura da região. O efeito do ultraformer pode durar por até um ano.

3) Lifting facial

Também conhecido como ritidoplastia, o lifiting facial é um procedimento que promove a redução das rugas presentes no rosto e no pescoço, da flacidez da pele e a remoção do excesso de gordura na face.

Ainda, com o ultraformer, é possível obter os mesmos resultados das outras técnicas sem a necessidade de cortes, anestesias e pós-operatório. O procedimento consiste na aplicação do ultrassom microfocado para estimular a coagulação sanguínea.

Em consequência disso, há uma estimulação da produção de novas fibras de colágeno e elastina, garantindo maior sustentação à face, com aspecto mais jovem e sem rugas.

4) Rejuvenescimento das mãos

Por contarem com uma pele mais fina e delicada, as mãos são as mais afetadas pelo envelhecimento da pele, pois, estão mais expostas ao clima, aos produtos químicos e às impurezas.

No entanto, com o uso do ultraformer, é possível estimular a produção de colágeno na região, melhorando a flacidez e a estrutura da derme. Tudo isso sem dor e sem cortes. 

Enfim, a diversidade de procedimentos estéticos que podem ser realizados como ultraformer explica o sucesso deste tratamento. Então, se você ficou interessado, procure por profissionais capacitados e experientes.

Quer saber mais? Estamos à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficaremos muito felizes em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do nosso trabalho em dermatologia  em Cotia! Granja Viana | Dra. Larissa Viana

Posted by Instituto La Vienne in Todos
5 tratamentos para flacidez nas mãos

5 tratamentos para flacidez nas mãos

As mãos possuem uma pele mais fina e delicada quando comparadas ao restante do corpo. Por isso, sofrem de forma mais intensa os efeitos do envelhecimento, como a flacidez. Para reduzir a ação do tempo, existem tratamentos estéticos específicos para essa parte do corpo.

Você sabe quais são essas alternativas? Então, recomendamos a leitura deste post. A seguir, conheça as técnicas mais recomendadas para ter as mãos mais firmes e saudáveis.

1) Ultraformer III

Trata-se de um ultrassom de última geração utilizado para tratamentos faciais e corporais. Por meio do aparelho, a pele é estimulada a produzir colágeno, promovendo um excelente lifiting facial e amenizando as rugas.

Ainda, o ultraformer III também conta com o protocolo ULTRAHANDS que resgata a beleza das mãos, reduzindo a flacidez, trazendo firmeza, melhorando a estrutura da derme e o aspecto estético da região. 

Por fim, a aplicação do ultrassom produz um efeito térmico na área aplicada, promovendo a coagulação e auxiliando a cicatrização de feridas. Assim, o ultraformer II é uma tecnologia segura, não invasiva e de rápida recuperação.

2) Luz pulsada ou laser

Trata-se de um procedimento que consiste na aplicação de feixes de luz sob a pele das mãos. Esse tratamento busca eliminar as manchas causadas pelo envelhecimento. Para obter resultados satisfatórios são necessárias de duas a quatro sessões. Após a aplicação, as manchas ficam com crostas que desaparecem em alguns dias.

3) Peelings

O peeling é um tratamento estético que pode ser químico, físico ou a laser. No caso do peeling químico são aplicados ácidos que ajudam a remover as camadas mais danificadas da pele, promovendo o crescimento de uma camada mais lisa, elástica, e suave.

Já o peeling físico consiste na esfoliação da pele através de aparelhos que promovem a dermabrasão ou do uso de cremes esfoliantes. Dessa forma, provoca a limpeza da pele e dos poros, removendo as células mortas.

Por último, o peeling a laser se utiliza da energia da luz para esfoliar as células velhas da pele e estimular o nascimento de camadas mais jovens e produção de colágeno. Qualquer tipo de peeling oferece bons resultados no tratamento da flacidez nas mãos.

4) Drug delivery

Trata-se de uma técnica nova e que consiste na aplicação de substâncias específicas nas camadas mais profundas da pele. O diferencial do drug delivery é a possibilidade de levar vitamina C, ácido hialurônico, retinol ou biotina exatamente nos locais onde essas substâncias precisam agir.

Ainda, a aplicação dos produtos pode ser feita por microagulhamento, aplicação de lasers fracionados, pelo aparelho de radiofrequência ou com o uso de seringas. No caso das mãos, os lasers são mais utilizados para a aplicação de colágeno.

Assim, estimula a produção de fibras colágenas elásticas, melhorando a textura da pele, deixando-a mais hidratada, macia e rejuvenescida. Geralmente, apenas três sessões são suficientes, no intervalo de 20 dias.

5) Handlift

O handlift é um tratamento estético conhecido como plástica das mãos. O objetivo do procedimento é amenizar as ações do envelhecimento. A técnica consiste na aplicação de hidroxiapatita de cálcio através de microcânulas que são introduzidas na região dorsal.

Ainda, por ser um substância conhecida pelo nosso organismo, não há possibilidade de rejeição ou alergia. A absorção completa do produto pode levar até 18 meses.

Por fim, com a leitura deste post, você conheceu algumas das técnicas mais eficazes para combater a flacidez nas mãos. No entanto, é necessário reforçar os cuidados diários com a região, mantendo-a limpa, hidratada e protegida dos raios solares.

Quer saber mais? Estamos à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficaremos muito felizes em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do nosso trabalho em dermatologia  em Cotia! Granja Viana | Dra. Larissa Viana

Posted by Instituto La Vienne in Todos
Bumbum mais firme e empinado: quais tratamentos posso fazer?

Bumbum mais firme e empinado: quais tratamentos posso fazer?

O desejo de deixar o bumbum empinado faz com que muitas mulheres, e até homens, recorram a procedimentos estéticos. Em razão dos constantes avanços tecnológicos, surgiram diversas técnicas que prometem alcançar esse resultado.

Neste post, você vai conhecer as alternativas mais recomendadas para ter um bumbum mais firme e modelado. Ficou interessado? Então, não deixe de ler.

1) PowerShape

Trata-se de um equipamento multifuncional que se utiliza de diversas técnicas para promover vários benefícios, tais como, enrijecimento de parte do corpo, redução de medidas, de celulites e da flacidez.

Ainda, para realizar o procedimento, são utilizados dispositivos de alta tecnologia, como a radiofrequência, sistema pneumático de endermologia, ultrassom cavitacional e LED. A quantidade de sessões depende de cada caso.

Assim, a radiofrequência e a sucção são as primeiras técnicas aplicadas para dar firmeza e uniformidade a pele, além de remodelar a região. Os outros dispositivos auxiliam na eliminação de gordura, produção de colágeno e de elastina.

2) Bumbum up

O bumbum up é uma técnica que se utiliza de ventosas para deixar os glúteos firmes e levantados. O procedimento estimula a musculatura da região, melhorando a circulação e ativando o sistema linfático. Consequentemente, proporciona o efeito lifting.

Ainda, as ventosas usadas no bumbum up são adaptadas ao tamanho das nádegas e são conectadas a um aparelho que realiza movimentos de compressão e descompressão. Os resultados já são percebidos após a primeira sessão.

Além disso, para potencializar os resultados, é recomendado associar o procedimento a outras técnicas, tais como, massagem modeladora, endermoterapia, radiofrequência ou corrente russa.

3) Dermodreen

Trata-se de um dos tratamentos mais indicados para eliminar as celulites e empinar o bumbum. O procedimento consiste no uso de cremes com ativos naturais e massagens específicas. Dessa forma, favorece a tonificação dos músculos e combate a flacidez.

Ainda, cada sessão dura cerca de uma hora e a técnica consiste em seis etapas: desintoxicação da pele, aplicação do creme, realização da massagem, estimulação metabólica, aplicação de creme anticelulite com modelagem corporal e de gel termo redutor.

4) VelaShape

Trata-se de um aparelho estético utilizado para combater a flacidez, celulite e gorduras localizadas. O VelaShape é a combinação das seguintes técnicas: radiofrequência, infravermelho, endermologia e massagem mecânica.

Geralmente, são recomendadas seis sessões com duração média de 30 minutos, sendo uma a cada duas semanas. Entre os principais benefícios dessa técnica estão a redução no volume do quadril e da flacidez da pele, esvaziamento das células de gordura e melhora no aspecto das celulites.

5) Shock Wave

O Shock Wave é um equipamento utilizado para aumentar a oxigenação da região onde é aplicado, melhorando a circulação sanguínea, promovendo a drenagem dos líquidos e toxinas retidos no organismo e dissolvendo as fibroses que causam a aparência de casca de laranja no bumbum.

Portanto, se você busca por tratamentos que proporcionam um bumbum mais empinado e firme, considere nossas sugestões. Todas essas técnicas são seguras e de eficácia comprovada, desde que sejam realizadas por profissionais capacitados.

Quer saber mais? Estamos à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficaremos muito felizes em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do nosso trabalho em dermatologia  em Cotia! Granja Viana | Dra. Larissa Viana

Posted by Instituto La Vienne in Todos
13 vantagens do HIFU (ultrassom focado de alta densidade) para o rejuvenescimento facial

13 vantagens do HIFU (ultrassom focado de alta densidade) para o rejuvenescimento facial

Com o passar dos anos, começamos a perceber os primeiros sinais do envelhecimento, principalmente sobre a pele. Porém, em razão do desenvolvimento de novas tecnologias, surgiram tratamentos não invasivos para combater esse problema, como o lifting facial por ultrassom focado de alta densidade.

Você já ouviu falar nesse método? Sabe quais as principais vantagens de realizá-lo? Então, não deixe de ler este post. A seguir, responderemos a essas e outras dúvidas.

O que é o ultrassom focado de alta densidade?

Trata-se de um tratamento cosmético baseado na aplicação de ondas de energia ultrassônicas sobre a pele com o objetivo de estimular a produção de colágeno. Embora possa ser utilizado para outros fins, o HIFU é mais indicado para o rejuvenescimento facial.

Durante muito tempo, a única forma de conter os sinais de envelhecimento da pele do rosto era através do lifting cirúrgico, uma técnica invasiva complexa e agressiva que exigia um longo período de recuperação.

Porém, os avanços tecnológicos da medicina e o desenvolvimento de novas técnicas e equipamentos trouxeram soluções não-invasivas, como é o caso do ultrassom focado de alta densidade.

Como funciona?

Diferente de outros métodos, o HIFU atua diretamente e de forma concentrada sobre as camadas mais profundas da pele, trazendo mais precisão na aplicação e resultados mais rápidos e duradouros.

Durante o procedimento, a energia térmica das ondas ultrassônicas é aplicada em um ponto específico de disparo. Esse calor aquece as áreas profundas da pele, fazendo com que a contração do colágeno ocorra.

Ainda, com esse aumento da temperatura, são formados diversos pequenos pontos de coagulação térmica a uma profundidade de até 5 mm. O calor provoca a desnaturação das fibras colágenas no tecido gorduroso abaixo da pele.

Quais as vantagens do HIFU?

No início, a proposta do desenvolvimento do HIFU era o tratamento de tumores. No entanto, com a evolução dos estudos, evidenciaram-se os benefícios da sua utilização para fins estéticos. 

A seguir, listaremos as principais vantagens da aplicação do ultrassom focado de alta densidade na promoção do rejuvenescimento facial:

  1. rejuvenescimento da pele sem a necessidade de cirurgias;
  2. redução da flacidez, das rugas e do excesso de pele do rosto;
  3. levantamento das sobrancelhas de forma não-invasiva;
  4. diminuição das pálpebras e da papada;
  5. melhora da elasticidade da pele;
  6. definição do ângulo da mandíbula;
  7. ação concentrada nas camadas mais superficiais da pele, sem afetar a epiderme;
  8. necessidade de poucas sessões, variando entre uma e três aplicações;
  9. manutenção dos resultados por longos períodos;
  10. tratamento sem incisões, cicatrizes ou tempo de recuperação;
  11. melhor custo-benefício quando comparado ao lifting cirúrgico;
  12. indicado para os fototipos de I a VI;
  13. aplicação pode ser realizada durante o ano todo.

Enfim, como você pode perceber, o ultrassom focado de alta densidade promove o rejuvenescimento facial de forma indolor. Embora esteja disponível para todos, sua aplicação é recomendada a partir dos 30 anos e nos casos onde haja a flacidez na pele do rosto.

Quer saber mais? Estamos à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficaremos muito felizes em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do nosso trabalho em dermatologia  em Cotia! Granja Viana | Dra. Larissa Viana

Posted by Instituto La Vienne in Todos
Técnica do plasma fracionado, como funciona?

Técnica do plasma fracionado, como funciona?

Com os avanços tecnológicos da Medicina, surgiram diversos novos procedimentos estéticos. Um deles é a técnica do plasma fracionado, desenvolvida em 2005 e que já se espalhou pelo mundo trazendo resultados incríveis.

Você já ouviu falar nesse tratamento? Então, não deixe de ler este post. A seguir, abordaremos os tópicos mais relevantes sobre o procedimento.

O que é plasma?

O plasma é o estágio da matéria depois do estado gasoso, sendo chamado de quarto estado físico da matéria. Trata-se de um gás composto por moléculas ionizadas, elétrons livres, radiações luminosas, nitrogênio e oxigênio.

Ainda, o plasma consegue atravessar a membrana celular, trazendo de volta o equilíbrio do seu potencial elétrico. Assim, estimula a produção de colágeno, melhora a qualidade da pele que foi danificada pelo sol, nivela as rugas e a superfície da epiderme.

O que é a técnica de plasma fracionado?

Trata-se de uma técnica inovadora da dermatologia estética que proporciona a redução da flacidez da pele por meio da aplicação fracionada de plasma. O procedimento é reconhecido pelos excelentes resultado que produz.

Ainda, a técnica de plasma fracionado pode ser realizada em todos os tipos de pele. Além do paciente perceber os benefícios quase que instantaneamente, os efeitos persistem por um longo período. 

Ademais, essa nova solução passa a ser uma forma menos invasiva de eliminar os sinais do envelhecimento causados pelo tempo. Em alguns casos, pode substituir técnicas mais agressivas e invasivas, como a blefaroplastia.

Quando é indicada?

A técnica do plasma fracionado promove o rejuvenescimento facial, combatendo os principais sinais da velhice. Assim, o procedimento é indicado para os seguintes casos:

  • cicatrizes;
  • estrias (fototipo I a III);
  • verrugas;
  • acne ativa;
  • queratoses;
  • discromias;
  • lentigos;
  • angiomas;
  • contorno dos olhos e dos lábios;
  • linhas de expressão;
  • remoção de xantelasmas e fibromas.
  • flacidez tissular e palpebral;
  • permeação de ativo;
  • blefaroplastia;
  • nevus;
  • drug delivery;
  • resurfacing.

Como funciona?

A aplicação do plasma fracionado é feita através de um equipamento que possui diferentes tipos de ponteiras. Quando aproximada da superfície da pele, essas ponteiras iniciam um processo de sublimação, retraindo o tecido (efeito lifting).

Ainda, a técnica não tem cortes, causando apenas micro lesões térmicas no tecido que estimulam a produção de colágeno. Dessa forma, produz resultados satisfatórios, melhorando o aspecto das rugas faciais, pálpebras, cicatrizes e estrias.

Quais os cuidados após a aplicação?

Após a aplicação de plasma é imprescindível o uso de protetor solar, tanto nos dias ensolarados quanto nublados. Quando o objetivo do tratamento é o rejuvenescimento, o paciente precisa utilizar um creme específico que será prescrito pelo profissional.

Além desses cuidados, também será necessário passar uma pomada anti-inflamatória nos primeiros sete dias após o tratamento. Se for realizado por profissionais especializados, todas as orientações serão passadas.

Quantas sessões são necessárias?

O número de sessões irá variar de acordo com o estado do paciente e os resultados que espera obter. Na maioria das vezes, a realização de três sessões são suficientes para tratar graus intensos de flacidez. 

Ainda, caso o grau seja moderado, bastam duas sessões. Se for leve, uma única sessão é capaz de promover resultados satisfatórios. Embora os efeitos permaneçam a longo prazo, há a necessidade de realizar aplicações para manutenção.

Ademais, recomenda-se o intervalo de 30 dias entre as sessões. Esse período é suficiente para a recuperação do corpo do paciente. Assim, ao seguir as orientações do profissional, são mínimas as chances de complicações.

Por fim, a técnica do plasma fracionado é segura quando realizada por profissionais qualificados e em ambientes com boa estrutura. Por isso, é muito importante pesquisar a respeito do local e do profissional responsável pelo procedimento.

Quer saber mais? Estamos à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficaremos muito felizes em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do nosso trabalho em dermatologia  em Cotia! Granja Viana | Dra. Larissa Viana

Posted by Instituto La Vienne in Todos
Conheça os perigos dos alimentos ultraprocessados

Conheça os perigos dos alimentos ultraprocessados

De acordo com o último censo realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), os alimentos in natura ou minimamente processados perderam espaço para os alimentos ultraprocessados nos domicílios brasileiros.

Esse dado mostra uma perigosa tendência de consumo alimentar no país. Para mudar essa realidade, a população precisa conhecer os prejuízos desse comportamento. Neste sentido, preparamos este post para promover essa transformação.

O que são os alimentos ultraprocessados?

Trata-se de todo alimento que possua uma grande densidade enérgica, contenha realçadores de sabor e texturizantes, maior quantidade de açúcar livre, sal e gordura trans e menor presença de proteínas, fibras, vitaminas e minerais. 

Geralmente, os alimentos ultraprocessados são produtos que passam por diversas etapas de processamentos, métodos que garantem a segurança alimentar, conservando-os por um determinado período e tornando-os comestíveis.

Ainda, a questão do processamento é tão importante que passou a ser a diretriz do Guia Alimentar para a População Brasileira. Assim, os alimentos são classificados de acordo com o grau de processamento pelo qual passaram, resultando na seguinte divisão:

  • grupo 1 – alimentos in natura ou minimamente processados: são aqueles obtidos diretamente de plantas ou animais que não foram processados ou sofreram um processamento mínimo para torná-los mais disponíveis, acessíveis, seguros e palatáveis;
  • grupo 2 – ingredientes culinários e industriais: são as substâncias extraídas e purificadas industrialmente a partir de alimentos in natura. Nesse grupo, o produto final passou por processos que mudaram radicalmente sua natureza e não é consumido sozinho, funcionando como preparo culinário;
  • grupo 3 – alimentos processados: são aqueles fabricados pela indústria com a adição de açúcar, sal ou de outra substância do grupo 2 para que se tornem mais duráveis e agradáveis ao paladar. Esses alimentos são derivações dos alimentos originais;
  • grupo 4 – alimentos ultraprocessados: são produtos prontos para consumo e têm em sua composição grandes quantidades de substâncias extraídas de alimentos, derivados ou sintetizados em laboratório. Além disso, sofrem um ultraprocessamento para que sejam mais atraentes, acessíveis, palatáveis, práticos e com maior duração

Quais são os perigos em consumir esses alimentos?

Os inúmeros processamentos, o excesso de calorias e a composição nutricional desbalanceada dos alimentos ultraprocessados são extremamente prejudiciais ao organismo, favorecendo o surgimento de doenças cardiovasculares, diabetes e vários tipos de câncer.

Além disso, prejudicam os mecanismos indicadores da fome e da saciedade, favorecem o acúmulo de gordura, o desenvolvimento de alergias e intolerâncias alimentares, afetam o funcionamento dos rins, sobrecarregam o funcionamento hepático e contribuem para o desenvolvimento de distúrbios estomacais, intestinais, hipertensão e obesidade.

O consumo desses alimentos com baixo teor nutricional pode causar desnutrição ou anemia por baixa ingestão de nutrientes. Nas crianças, esses produtos afetam a absorção de ferro.

Conheça alguns exemplos desse tipo de alimento

Os alimentos ultraprocessados são aqueles prontos para consumo e que derivam de um alimento in natura, como, por exemplo, enlatados, embutidos, congelados, refrigerantes, salgadinhos, frituras, doces, gelatinas industrializadas, refrescos em pó, temperos prontos, margarinas, macarrão instantâneo, sorvetes, biscoitos recheados, achocolatados, etc.

Por fim, se algum desses alimentos ultraprocessados estão presentes em sua alimentação diária, substitua-os pelos alimentos in natura ou minimamente processados e diminua o uso de óleos, gorduras, sal e açúcar.

Quer saber mais? Estamos à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficaremos muito felizes em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do nosso trabalho em nutrologia  em Cotia! Granja Viana | Dr. Raphael Viana

Posted by Instituto La Vienne in Todos
A importância da alimentação saudável para o sistema imunológico

A importância da alimentação saudável para o sistema imunológico

Você está sempre resfriado ou fica doente com frequência? Caso sim, pode indicar um enfraquecimento do seu sistema imunológico. Uma das principais formas de aumentar a sua imunidade é através de uma alimentação saudável.

Você já havia ouvido falar nisso? Entende o porquê? Então, não deixe de ler este post. Nele, explicaremos tudo sobre os benefícios dos bons hábitos alimentares para nossa saúde.

Qual o impacto da alimentação saudável no sistema imunológico?

Nosso sistema imunológico consiste em um conjunto de células, tecidos e órgãos que têm por objetivo defender o organismo da ação de agentes externos, tais como, bactérias, vírus, fungos, protozoários e substâncias tóxicas.

Ainda, a primeira barreira contra esses corpos estranhos são físicas, como, por exemplo, a pele, os pelos do nariz e as secreções da mucosa. Quando são ultrapassadas, o organismo inicia a resposta imune por meio da produção de anticorpos. Caso não consigam conter o agente, surgem doenças, infecções e alergias.

Neste sentido, a alimentação funciona como um combustível para o sistema imunológico. Quanto melhor for a qualidade nutricional do que ingerimos, melhor será o funcionamento das células de defesa. Assim também ocorre inversamente.

Por isso, a alimentação saudável é fundamental para o fortalecimento da nossa imunidade. O sistema imunológico possui uma série de reações bioquímicas que dependem da presença de minerais, vitaminas e aminoácidos.

Dessa forma, uma dieta pobre e desbalanceada não oferece os nutrientes necessários para o organismo, reduzindo a eficiência das células de defesa. Consequentemente, ficamos mais suscetíveis à ação dos agentes externos.

Quais alimentos ajudam a melhorar a imunidade?

A alimentação saudável está diretamente ligada com a saúde. Segundo o Guia Alimentar para a População Brasileira, precisamos priorizar os alimentos in natura ou minimamente processados e regionais, principalmente os vegetais, frutas da época e o tradicional arroz com feijão.

Além disso, manter-se hidratado é essencial. Uma mucosa hidratada atua de forma mais eficiente na resposta imunológica natural do organismo. Assim, para que você saiba como manter uma alimentação balanceada, conheça os alimentos que ajudam a aumentar a imunidade:

  • probiótico e prebióticos: a flora intestinal ataca os corpos estranhos que invadem o trato digestivo. Então, para que ela esteja em boas condições, recomenda-se o consumo de probióticos (iogurte, queijo e vinagre de maçã) e prebióticos (cerais integrais, leguminosas, verduras, frutas e legumes);
  • fontes de ômega-3: trata-se de um ácido graxo que atua como um anti-inflamatório natural. O ômega-3 está presente no azeite de oliva extravirgem, peixes de águas profundas, sementes de chia e de linhaça;
  • oleaginosas: as castanhas, nozes e amêndoas possuem nutrientes que fortalecem o sistema imunológico;
  • ácido fólico: trata-se de um nutriente essencial para a manutenção das células do corpo e é encontrado no brócolis, espinafre, rúcula e couve.

Além de adotar uma alimentação saudável, o sistema imunológico é favorecido pelas boas noites de sono, redução do estresse, prática de atividades físicas e pela exposição adequada ao sol.

Quer saber mais? Estamos à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficaremos muito felizes em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do nosso trabalho em nutrologia  em Cotia! Granja Viana | Dr. Raphael Viana

Posted by Instituto La Vienne in Todos
Ultraformer para tratamento estético, como funciona?

Ultraformer para tratamento estético, como funciona?

A flacidez da pele e a gordura localizada são condições comuns conforme envelhecemos, mas que trazem muito desconforto e incômodo. Assim, para ajudar a combater esses sinais da idade, surgiu um tratamento revolucionário chamado de ultraformer.

Você já ouviu falar nele? Sabe como funciona ou quando é indicado? Então, não deixe de ler este post. A seguir, conheça as informações mais relevantes sobre o procedimento.

O que é o ultraformer?

Trata-se de um equipamento de ultrassom micro e macrofocado utilizado para tratamento estético. A revolução trazida por ele está na possibilidade de eliminar diversos sintomas do envelhecimento sem a necessidade de cortes ou cirurgias.

Ainda, os procedimentos realizado com ultraformer utilizam-se da energia ultrassom emitida por ele para estimular a produção de colágeno e queima de gordura, além de atuar na camada muscular que temos abaixo da pele.

Ademais, diferente de outros métodos, os tratamentos estéticos que usam o equipamento não lesionam a pele do paciente, não causam dor e produzem resultados satisfatórios e duradouros. Por esses motivos, o ultraformer revolucionou a dermatologia estética.

Quais tratamentos estéticos são realizados com esse equipamento?

O equipamento conta com ponteiras capazes de alcançar as camadas de gordura e locais onde a pele é mais espessa. Dessa forma, o ultraformer é utilizado nos seguintes tratamentos estéticos:

  • tratamento com foco na gordura do submento (papada): devolve a forma e o contorno do rosto, eliminando a flacidez e a gordura localizada da região;
  • afinamento do rosto: promove a remodelação das áreas do rosto onde há excesso de gordura e flacidez, firmando a pele e o SMAS (Sistema Musculoaponeurótico Superficial da Face) muscular;
  • prevenção e tratamento da região labial: remodela o colágeno e reduz as rugas e flacidez;
  • prevenção e tratamento da flacidez periorbital: promove o olhar mais radiante, causando o efeito lift imediato e reduzindo as bolsas e linhas finas ao redor dos olhos;
  • prevenção e tratamento de flacidez para as mãos;
  • fortalece a musculatura do bumbum, deixando-o mais firme e empinado.
  • redução da gordura localizada e flacidez ao redor do joelho, braços, abdômen, pernas, panturrilha, flancos, culote e colo.

Como funciona o tratamento?

A aplicação do ultrassom micro e macrofocado produz ondas de calor que são emitidas diretamente na região desejada, formando pontos de coagulação, que pode variar de profundidade conforme o resultado esperado.

Assim, por meio dessa energia térmica, a produção de colágeno é estimulada nos níveis mais profundos da pele. Consequentemente, há uma restauração do seu aspecto jovial. Além da face, o aparelho pode ser utilizado em outras áreas do corpo, como abdômen, pescoço e joelhos.

Dentre os principais benefícios promovidos pelo uso desse equipamento estão: maior ancoragem muscular, formação de novas fibras colágenas e combate aos estoques de gordura localizada.

Enfim, o ultraformer é considerado um tratamento mais efetivo, pois, sua aplicação é concentrada em pontos específicos, promovendo um melhor aproveitamento das ondas ultrassônicas.

Quer saber mais? Estamos à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficaremos muito felizes em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do nosso trabalho em dermatologia  em Cotia! Granja Viana | Dra. Larissa Viana

Posted by Instituto La Vienne in Todos
Os perigos da hipervitaminose para o seu organismo

Os perigos da hipervitaminose para o seu organismo

Embora as vitaminas sejam fundamentais para a nossa sobrevivência, o seu excesso prejudica o funcionamento do organismo, trazendo consequências graves. Esse problema é chamado de hipervitaminose e, geralmente, é causado pela suplementação vitamínica inadequada.

Você conhece os perigos da ingestão elevada de vitaminas? Então, recomendamos a leitura deste post. A seguir, explicaremos tudo sobre a condição e suas consequências para o corpo.

O que é a hipervitaminose?

Trata-se de um problema relacionado com o armazenamento de altos níveis de vitaminas, provocando uma intoxicação no organismo. Esse nutriente deve ser ingerido em porções adequadas para cada caso clínico.

Ainda, a hipervitaminose dificilmente é causada pelo consumo excessivo de alimentos ricos em vitaminas. Na maioria dos casos, a condição tem origem no uso indiscriminado e sem prescrição de suplementos vitamínicos.

Ademais, o quadro é classificado de acordo com a vitamina que está em excesso, podendo ser: hipervitaminose A, B, C, D, E e K. Os casos mais graves são as intoxicações provocadas pelas vitaminas A e D.

Quais os prejuízos que pode causar no organismo?

A superdosagem de vitaminas causa inúmeros prejuízos ao organismo, manifestando sintomas característicos à cada tipo de nutriente. Porém, nem todas as vitaminas produzem reações tóxicas. A seguir, listamos os principais perigos da hipervitaminose:

  • vitamina A: como está relacionada com o inchaço das células, o seu excesso pode provocar o rompimentos delas. Em consequência disso, o paciente apresenta visão turva, confusão mental, aumento da pressão intracraniana, dor de cabeça, sonolência, palidez e maior sensibilidade à luz;
  • vitamina B: a superdosagem da vitamina B12 causa reações alérgicas e alterações esplênicas. Já a B1 pode levar a uma vasodilatação periférica, convulsão, queda na frequência respiratória e, em função da paralisia do sistema respiratório, pode causar a morte;
  • vitamina C: o seu excesso não apresenta toxicidade quando utilizada para o tratamento de doenças graves. Em pacientes saudáveis causa um forte efeito laxativo;
  • vitamina D: trata-se do caso mais comum de hipervitaminose, provocando aumento no depósito de cálcio no organismo, sobrecarga das artérias e rins, e maior fragilidade dos tecidos moles.
  • vitamina E: está relacionada com os processos anti-coagulantes do corpo. Por isso, sua superdosagem pode causar sangramento excessivo, além da redução na produção dos hormônios tireoidianos e aumento nos níveis de triglicerídeos;
  • vitamina K: assim como a C, a vitamina K só produz efeito laxativo. Em casos raros, está relacionada com doenças hepáticas, anemia hemolítica ou danos cerebrais.

Assim, como você pode perceber, o organismo sofre vários danos em função da hipervitaminose e, em situações menos frequentes, pode levar à morte. Por isso, deve-se evitar a suplementação sem prescrição médica. 

Portanto, caso haja a necessidade de reposição de vitaminas, converse com seu médico sobre a possibilidade e os benefícios de suplementá-la através do consumo de alimentos que sejam fontes naturais desses nutrientes.

Quer saber mais? Estamos à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficaremos muito felizes em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do nosso trabalho em nutrologia  em Cotia! Granja Viana | Dr. Raphael Viana

Posted by Instituto La Vienne in Todos